segunda-feira, 13 de abril de 2009

É MAIOR FELICIDADE NÃO ENCONTRAR

video

João Sebastião Ribeiro, vulgo Bach. Oester Oratorio (Oratório de Páscoa). I. Sinfonia.

"Notou Santo Agostinho uma coisa digna do seu entendimento, que hoje sucedeu a S. Pedro: quando a Madalena esta manhã não achou o corpo do Senhor, que buscava na sepultura, veio a toda a diligência dar conta a S. Pedro, o qual, não andando, senão correndo, foi logo a certificar-se e ver por seus olhos se era assim o que ouvia. E qual vos parece que seria o desejo que S. Pedro levava no coração? Santo Agostinho o diz: Ad sepuchrum celeri cursu festinat, laetior rediturus, si non inveniret quem quaerebat: Corria S. Pedro ao sepulcro, não com desejo de achar, senão de não achar, e para tornar da jornada muito mais alegre, se não achasse o que buscava. – Assim se alegra quem olha para as coisas com são juízo e quem entende – como S. Pedro entendia – que há casos em que a felicidade consiste, não em se achar o que se busca e deseja, senão em se não achar. "


Pe. Antônio Vieira. Sermão da Primeira Oitava da Páscoa (1656).

Nenhum comentário: