quarta-feira, 7 de abril de 2010

"Aqui não tem..."

Segundo Serra, em seu discurso de despedida, não tem roubalheira, coisa mal-feita, no Estado de São Paulo. Estado governado há pelo menos 20 anos por PSDB/DEMO. 20 anos, viu? Lula, que vai passando quase 8 e reelegerá sua sucessora, é acuasado de gostar do poder e de fazer gato-e-sapato nele. E já li artigos da turma de Efeagá, do próprio Efeagá, dizendo que a "rotatividade" é um dos maiores benefícios que a democracia traz para o povo. Mas 20 anos governando São Paulo é pouco, né? Ou se esquecem que foi Efeagá, ele "mermim", que criou a tal Emenda Constitucional que o beneficiou com a reeleição para o segundo mandato? Alguém se lembra? Disso, Reinaldo Azevedo convenientemente se esquece.

Ao que interessa:


Tempos atrás, uma cratera gigante se abriu do nada no meio da cidade de São Paulo. Obras do governo do Estado para criação de novas linhas do metrô. Como Serra vem dizer que não tem coisa mal-feita?

Já recentemente, vi uma matéria sobre a INVASÃO de uma praça pública em São Paulo perpetrada pela Rede Globo de televisão. A emissora se apossou durante 11 anos da área, na Zona Sul da cidade (onde só mora gente grande, onde as portas dos condomínios não tem chave, tem cartão com chip identificador), cercando e impedindo o acesso ao cidadão comum. Aí, agora a Globo resolveu "doar" o terreno para o governo de SP construir uma escola técnica de formação de profissionais de TV.

Vou lhes perguntar agora, meus amigos: sendo um grupo de sem-tetos os OCUPANTES, Serra, o que ele teria feito? Bom, primeiro, era uma invasão comandada pelos esquerdopatas para ferir a campanha dele à Presidência. Segundo, reintegração de posse imediata de um bem público que, segundo sei - e sei pouco de direito administrativo - não pode sequer sofrer ação de usucapião. Terceiro, o uso da violência pra espantar aquele bando de pobre que, por estarem em tão nobilíssima localização, ferem os olhos de quem passa ali.

Parabéns, São Paulo!

3 comentários:

Raquel disse...

Não tem uma ova...com aquela cara de
beneditino,fala educada,acha que está tudo resolvido...não suporto
político que usa essa imagem,sempre com aquelas palavrinhas suaves,sempre a mesma ladainha...com aquele olhar de cachorro perdido na chuva...

Rubinho Osório disse...

Meu comentário serve tb para o post anterior: estamos agressivos, não?
Violência verbal à parte, concordo com a análise, mesmo porque, sendo paulista, sofro há 20 anos o resultado desastroso desse continuísmo.

Sueli disse...

Lau, o que você ainda não sabe é que o Serra, pouquíssimos dias antes de deixar o governo, deu, por decreto, o nome de Roberto Marinho à escola técnica que ainda vai ser construída lá no referido terreno. Ninguém sabe quando é que vai ser construída, mas já está devidamente denominada. E que nome!